Um Pouco sobre a História e os Tipos de Ciência

Cada civilização estudou a natureza a sua maneira. Filósofos gregos e chineses explicaram o mundo físico de maneiras diferentes. Enquanto os gregos acreditavam nos quatro elementos: terra, fogo, ar e água, os chineses possuíam duas forças naturais e opostas: o yin e o yang. Islã e Europa Medieval também faziam os seus estudos.

Os estudos mais recentes foram os realizados na Europa Medieval, a ciência europeia se tornou universal. Eles conseguiram captar as realizações científicas e tecnológicas de outras civilizações. Dos gregos a astronomia, geometria, medicina, matemática e o empirismo de Aristóteles.

Da China a física, as coordenadas astronômicas, cartografia e invenções tecnológicas (como a pólvora e o papel). Da Índia os números, o zero, álgebra, teoria do atomismo e a farmacologia. Grande parte dessas realizações foi absorvida pelo Islã que repassou para Europa.

Veja História e tipos de ciencia

Seguem três tipos de conhecimento que não são consideradas ciência:

– religioso é dogmático, o que significa que não pode ser testado e nem contestado, portanto, não é ciência;

– artístico é baseado em emoção e intuição, não é lógico para o senso comum e para ciência;

– filosófico é visto como algo intermediário entre religião e ciência. Baseia-se na razão mas as explicações são empíricas e não testadas como na ciência.

Divisão da História e Tipos de Ciência

As ciências encontram-se divididas em três formas:

– ciências formais: as que lidam com abstrações, ideias e estruturas conceituais, como a matemática e a lógica;

– ciências naturais: estudam os fenômenos naturais, como a biologia, física e química;

– ciências sociais: dedicam-se a investigação da sociedade e do homem, como a psicologia, sociologia e economia.

historia e tipos de ciencia 1
historia e tipos de ciencia 2
historia e tipos de ciencia 3
historia e tipos de ciencia 4
historia e tipos de ciencia 5
historia e tipos de ciencia 6
Leia Também: